O verdadeiro líder é como um maestro para a sua equipe

padrao

Ser um líder não é tarefa fácil. Mas menos fácil ainda é ser como um maestro, com a habilidade de enfrentar desafios, lidar com conflitos e tomar as decisões que farão diferença para a harmonia do grupo. 

Por isso é que a liderança é uma escolha que pode nos lapidar, obrigar a evoluir como ser humano e contribuir efetivamente com a humanidade. Mas quem é esse líder capaz de encarar seu papel com maestria?

O verdadeiro líder é aquele que tem dentro de si os recursos para reger a equipe. 

Ele sabe que está dentro dele o conhecimento e os recursos que ele precisa. E confia na sua competência para buscar algo que fará o coração de todo mundo vibrar. 

Como um maestro, com um ouvido afiado diante dos músicos e de seus diferentes instrumentos, ele conhece o tom em que cada um precisa tocar, para que todo o grupo alcance o resultado esperado. E dá esse feedback de forma assertiva.

Quando o líder é como um maestro, ele consegue gerar sinergia. 

E é com essa sinergia que ele consegue engajar e dar as coordenadas para o grupo avançar.

O líder deve ainda reger o time com criatividade, clareza quanto às funções de cada um, disciplina, flexibilidade para mudar quando preciso e com o estabelecimento de metas possíveis. 

Para isso, precisa ter uma comunicação clara e livre de ruídos. E uma presença congruente que inspire as pessoas a segui-lo. 

Para conduzir o concerto é necessário ainda ter inteligência emocional e relacional.

É fundamental desenvolver a autoliderança, saber gerenciar seu mundo interno e ter atenção livre para apoiar os liderados. 

Aliás, o líder deve interagir com empatia junto a seus colabores e conhecer o que traz significado para a vida de cada um, alinhando os propósitos individuais ao da empresa. 

Esses são os componentes básicos que irão formar esse líder que, enquanto maestro, irá inspirar os colaboradores a darem o melhor de si e a garantirem o sucesso do conjunto.

Luíza Lopes é Diretora do INDESP.